Para acessar o Portal Acadêmico, escolha:

Sou Aluno Sou Professor
Esqueceu a senha? Professores podem recuperar a senha na secretaria da Faculdade Unicampo

Esqueci minha senha

Carregando, por favor aguarde...

CPF de aluno não encontrado, por favor verifique e tente novamente.

Voltar

Seus dados de acesso foram enviados para o seguinte e-mail:

Caso este não seja o seu e-mail clique aqui e nos informe os dados corretos

""

Transtorno do Espectro Autista (TEA)

O curso Lato Sensu Transtorno do Espectro Autista: Processos de intervenção e recursos pedagógicos e metodológicos para uma Educação Inclusiva, têm como objetivo de relevância efetivar as políticas de educação inclusiva, que vem sendo referendada em todos os documentos oficiais do Ministério da Educação, como por exemplo, no “Plano Decenal de Educação para Todos” (1993-2003), na “Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional” (Lei Federal 9.394 de 20/12/1996), no “Plano Nacional de Educação” (2000), e a Lei 12.764, de 27 de dezembro de 2012. Institui a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (2012).

Subjacente à proposta a prática inclusiva dos alunos com deficiência nas classes comuns das escolas regulares é desafiadora e gera muitas dúvidas para pais, profissionais da educação e à própria sociedade. Importa ressaltar que a inclusão não pode ser reduzida unicamente à inserção dos alunos com deficiências no ensino regular e que uma prática inclusiva deve permear todo o processo educacional, bem como o envolvimento de toda a comunidade escolar.

É fundamental o reconhecimento dos ritmos e diferenças entre os alunos para que todos tenham as suas especificidades atendidas, não basta compreender que a educação é um direito de todos, incluir o aluno com autismo não é só oferecer a vaga na escola, mas trabalhar todo o seu potencial e proporcionar oportunidades de desenvolvimento efetivo.

Sabe-se que são muitas as dificuldades e preconceitos a serem enfrentados, principalmente nos casos em que o transtorno é mais comprometido e grave. É essencial que toda a comunidade escolar esteja envolvida no processo de inclusão, que o tema seja amplamente debatido e que todos assumam as suas responsabilidades, não somente o professor dentro da sala de aula.

A construção do Projeto Político-Pedagógico da escola deve contemplar as demandas dos alunos com deficiências, bem como a definição de diretrizes, organização pedagógica e práticas de ensino voltadas para esse público.

Sobre esse ínterim, a recente Lei Nº12.764, de 27 de dezembro de 2012, que institui a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista, prevê que: “Parágrafo único. Em casos de comprovada necessidade, a pessoa com transtorno do espectro autista incluída nas classes comuns de ensino regular, nos termos do inciso IV do artigo 2º, terá direito a acompanhante especializado”.

Enfatiza-se que esse profissional é de extrema importância para prestar auxílio, tanto nas questões pedagógicas desses alunos, mas também suprir a necessidade de atenção individualizada, higiene pessoal e cuidados dependendo de cada caso. As crianças com autismo necessitam de orientação e apoio constantes para que possam participar de forma produtiva das brincadeiras e atividades em grupo.

É explicito que o professor precisa investir em sua formação e conhecimentos acerca do assunto para que possa conhecer as reais dificuldades e as capacidades do seu aluno autista.

A recente prática da inclusão nas escolas regulares exige uma nova postura dos profissionais da educação e mudanças na organização do trabalho pedagógico em função das especificidades de cada um, as adaptações curriculares, bem como, os materiais pedagógicos também precisam ser apropriadas para os alunos com autismo, sendo, de preferência, concreto e com ênfase visual, com figuras e gravuras associativas que auxiliem o professor no decorrer das explicações dos conteúdos trabalhados.

Em face ao exposto, ressalta-se que, embora o processo de inclusão dos alunos com transtorno do espectro autista em classes comuns da rede regular de ensino não seja uma tarefa fácil, é importante construir avanços na construção de uma prática pedagógica que contemple as especificidades desse público, para atingir tal propósito o presente curso tem como objetivos específicos:

• Envolver ações consistentes de formação inicial, recrutamento e formação continuada de profissionais qualificados, bem como planos de carreira que incentivem a permanência e a progressão funcional nas respectivas áreas de atuação e nos diferentes sistemas de ensino.

• Capacitar professores com competências técnicas, políticas e éticas para o ensino de alunos com necessidades educacionais especiais, reiterando os princípios contidos nas atuais políticas educacionais;

• Assegurar a inclusão de alunos com transtornos do espectro autista por meio de formação de profissionais da educação e comunidade escolar, professores da rede estadual e municipal, professores de salas de Atendimento Educacional Especializado (AEE), psicopedagogos e psicólogos na necessidade no âmbito da inclusão para o enfrentamento de novas demandas surgidas.

Profissionais da educação e comunidade escolar, Professores da rede estadual e municipal, Professores de salas de Atendimento Educacional Especializado (AEE), Psicopedagogos, Psicólogos, Fonoaudiólogos e áreas afins.

O presente curso está em consonância com o disposto na “Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva” (BRASIL 2008), que tem como objetivo assegurar a inclusão escolar de alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades /superdotação.

O conhecimento em Espectro Autista: Processos de intervenção e recursos pedagógicos e metodológicos para uma Educação Inclusiva foi construído a partir de várias disciplinas científicas e, em se tratando de um conhecimento multidisciplinar, a área requer a adoção de paradigmas múltiplos do pensamento científico social. Para alcançar este conhecimento multidisciplinar é necessário acerca das competências desejadas o de melhorarem a aprendizagem do pensamento crítico, de resolução de problemas e desempenho de habilidades dos estudantes com TEA, aumentando a sua autoconsciência, autodeterminação e autoestima. Assim, o docente a partir da atuação propiciarão mudanças nas metodologias de ensinar, nas formas de organização das aulas, no planejamento de atividades, nas acomodações curriculares e nos sistemas de avaliação com alunos com Transtorno Espectro Autista.

Caso não se complete o número mínimo de alunos no curso ofertado, a Faculdade Unicampo se reserva o direito de adiá-lo ou não realizá-lo. O curso poderá ofertar, eventualmente, aulas em datas e horários diferentes daqueles inicialmente programados para o seu funcionamento. Eventualmente, alguns professores constantes do quadro docente do curso, em função de impedimento causado por força maior, poderão ser substituídos por outros de mesma qualificação técnica e acadêmica.

O corpo docente é formado por profissionais Especialistas, Mestres e Doutores que além da titulação, possuem experiência na área de conhecimento proposto pelo Curso.
Os professores são de responsabilidade exclusiva da Coordenação Pedagógica, podendo ser substituídos por razões administrativo-pedagógicas por outros de equivalente titulação e/ou capacidade.


- Profissionalismo e Humanização
- Introdução ao Transtorno Do Espectro Autista (TEA) e Fundamentos Básicos Históricos e Políticos
- Psicologia da Aprendizagem e Desenvolvimento
- Neurofisiologia da Aprendizagem e Múltiplas Inteligências
- Diagnóstico, Avaliação e Encaminhamentos
- Comunicação Alternativa (PECS)
- Inclusão Escolar Na Educação Básica
- Mediação Escolar
- Salas de Recursos Multifuncionais
- Metodologia da Pesquisa Científica
- Metodologia De Alfabetização
- Metodologia e fundamentos da Matemática
- Psicomotricidade e Transtorno Do Espectro Autista (TEA)
- Abordagem Clínica para Tratamentos no Transtorno do Espectro Autista
- Funções executivas e Metodologias Ativas Definições e intervenções
- Estágios supervisionados 60 horas
- Trabalho de Conclusão de Curso - TCC

- 01 Cópia Autenticada em Cartório do DIPLOMA de Graduação ou Certidão de Conclusão de Curso (provisoriamente)
- 01 Cópia do CPF
- 01 Cópia do RG
- 01 Cópia da Certidão de Nascimento/Casamento
- 01 Cópia do Comprovante de Residência
- 02 Cópias do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais (01 cópia reconhecido firma em cartório)
- para empresas conveniadas, trazer documento comprobatório.
- Baixe aqui o Contrato

Inscrição: R$70,00 Em caso de não abertura do curso, esse valor será devolvido ao inscrito.

Valor da Mensalidade

21 x 235,00 - Valor com desconto, válido para pagamento realizado até a data de vencimento.
Após permanecerá o valor sem o desconto: R$ 265,00.

Informações Gerais

  • Início Previsto: 26/09/2020
  • E-mail: [email protected]
  • Dias Letivos: Sábados (Dois Sábados por mês das 8h às 12h e das 13h às 17h)
  • Carga Horária: 360 horas
  • Carga Horária TCC: 60 horas
  • Carga Horária Total: 420 horas
  • Duração prevista: 15 meses
  • Mais Informações: (44) 99861-2226 / (44)3016-7100 / 0800-600-5059
Inscreva-se