Para acessar o Portal Acadêmico, escolha:

Sou Aluno Sou Professor
Esqueceu a senha? Professores podem recuperar a senha na secretaria da Faculdade Unicampo

Esqueci minha senha

Carregando, por favor aguarde...

CPF de aluno não encontrado, por favor verifique e tente novamente.

Voltar

Seus dados de acesso foram enviados para o seguinte e-mail:

Caso este não seja o seu e-mail clique aqui e nos informe os dados corretos

A Faculdade que une talentos!

Unicampo Notícias

Acadêmicos de Serviço Social participaram de palestra sobre Dependência Química

Acadêmicos de Serviço Social participaram de palestra sobre Dependência Química

Os acadêmicos do curso de Serviço Social da Faculdade UNICAMPO receberam a visita do profissional Assistente e especialista em Dependência Química Uilson José Gonçalves Araujo. O evento teve como objetivo de proporcionar amplo debate a cerca do tema de sua especialização, bem como ressaltar as especificidades profissionais do Serviço Social no âmbito das políticas públicas e intervenções no combate às drogas. Uilson relatou sua experiência enquanto acadêmico e seu início de intervenção profissional em uma Unidade de Internação Provisória para adolescentes dependentes químicos, bem como, ressaltou a necessidade de aprofundamento teórico-metodológico na práxis profissional. A problematização do tema iniciou com a conceituação de drogas, contextualização histórica das substancias psicoativas, dados estatísticos que desvendam mitos em relação às drogas mais consumidas e seus efeitos sobre o metabolismo humano. O assistente social apresentou propostas de intervenção governamental no que tange o enfrentamento do uso abusivo de drogas lícitas e ilícitas. Ressaltou também que no Brasil há Programas voltados ao combate do Crack embora esta droga não seja a maior causadora de mortes resultando 3% da população usuária, enquanto o álcool e o cigarro matam 50% de seus consumidores, e também ressaltou que há apenas um programa de prevenção o PROERD que atualmente é coordenado e executado pela segurança pública.  Finalizando, Uilson demonstrou por meio de dados estatísticos a ineficiência destas intervenções, bem como apresentou propostas relevantes ao combate do uso abusivo de drogas, propostas essas que contemplam as mudanças históricas e as diferentes emersões de valores culturais e modismos.

Notícias Relacionadas

Receba a
Unicampo Notícias

Carregando...
Indique seu amigo