Para acessar o Portal Acadêmico, escolha:

Sou Aluno Sou Professor
Esqueceu a senha? Professores podem recuperar a senha na secretaria da Faculdade Unicampo

Esqueci minha senha

Carregando, por favor aguarde...

CPF de aluno não encontrado, por favor verifique e tente novamente.

Voltar

Seus dados de acesso foram enviados para o seguinte e-mail:

Caso este não seja o seu e-mail clique aqui e nos informe os dados corretos

A Faculdade que une talentos!

Unicampo Notícias

Professora da Unicampo cursará parte do doutorado na Universidade de Montreal, no Canadá

Professora da Unicampo cursará parte do doutorado na Universidade de Montreal, no Canadá

A professora da Faculdade Unicampo, Rovana Kinas Bueno, cursa na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) doutorado em Psicologia sobre as repercussões da relação de ativação pai-criança e do funcionamento familiar no comportamento da criança pré-escolar em famílias biparentais. Trata-se de uma pesquisa que está inserida em um projeto maior do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Desenvolvimento Infantil (NEPEDI) e do Laboratório de Psicologia da Saúde, Família e Comunidade (LABSFAC), intitulado “Envolvimento paterno no contexto familiar contemporâneo II”.

Esse projeto, que conta com o envolvimento de professores, doutorandos, mestrandos e graduandos dos referidos laboratórios, dá continuidade para uma parceria iniciada entre a UFSC, e duas universidades canadenses: a Universidade de Montreal (UM) e a Universidade do Quebec em Montreal (UQÀM). Trata-se de uma pesquisa quanti-qualitativa, em que participaram 171 famílias da região sul do Brasil. Cada participante da pesquisa respondeu a diversos questionários para contemplar os fenômenos estudados. Além disso, 12 famílias participaram também de observações realizadas na UFSC.

Para dar seguimento às análises da pesquisa, a professora fará parte do doutorado (“doutorado sanduíche”) na Universidade de Montreal. Para isso, ela ganhou uma bolsa de cinco meses da CAPES. A professora afirmou que, dentre os três fenômenos que estuda para construir a tese, irá trabalhar no Canadá principalmente com a “relação de ativação”, a qual, segundo ela, refere-se ao vínculo afetivo entre pai e criança que favorece a função paterna de abertura ao mundo (relacionada à autonomia). Rovana ainda explica “A relação de ativação trata-se de uma teoria relativamente recente, desenvolvida pelo professor Dr. Daniel Paquette e sua equipe. Esse professor elaborou também questionários e um procedimento observacional estruturado de como acessar essa relação de ativação. Esses questionários e esse procedimento observacional foram replicados, no Brasil, em nossa pesquisa (e o protocolo de observação além de adaptado, foi também aprimorado), e é com esse professor que irei trabalhar no exterior e discutir minha tese”.

Rovana também fala dos resultados “Alguns resultados prévios indicam que nossos dados estão corroborando os estudos já realizados no Canadá, mas meu estudo é o primeiro que articula a relação de ativação com o funcionamento familiar (e os comportamentos da criança). Na verdade, essa tese é uma união de minhas três grandes paixões na Psicologia, que são o envolvimento paterno (explicitada pela relação de ativação pai-criança), as relações familiares (investigada por meio do funcionamento familiar) e o desenvolvimento infantil (cujo recorte foi feito sobre os comportamentos da criança). Eu poderia falar páginas e mais páginas sobre o assunto, mas para não ficar cansativo, fico à disposição de quem tiver interesse, para conversar mais a respeito e indicar publicações sobre o assunto.”

Notícias Relacionadas

Receba a
Unicampo Notícias

Carregando...
Indique seu amigo