Para acessar o Portal Acadêmico, escolha:

Sou Aluno Sou Professor
Esqueceu a senha? Professores podem recuperar a senha na secretaria da Faculdade Unicampo

Esqueci minha senha

Carregando, por favor aguarde...

CPF de aluno não encontrado, por favor verifique e tente novamente.

Voltar

Seus dados de acesso foram enviados para o seguinte e-mail:

Caso este não seja o seu e-mail clique aqui e nos informe os dados corretos

A Faculdade que une talentos!

Unicampo Notícias

Acadêmicos de Gestão da Faculdade Unicampo realizam Visita Técnica na Usina Hidrelétrica de ITAIPU e Cataratas em Foz do Iguaçu

Acadêmicos de Gestão da Faculdade Unicampo realizam Visita Técnica na Usina Hidrelétrica de ITAIPU e Cataratas em Foz do Iguaçu

Os acadêmicos de Gestão Comercial, Cooperativa e Recursos Humanos da Faculdade Unicampo realizaram no final de semana uma Visita Técnica na Usina Hidrelétrica de ITAIPU e comercialização na fronteira. A visita foi organizada pela professora Alexandra Andrade e contou com a participação de 37 acadêmicos e dos professores Rosinaldo Cardoso, Caroline Zazula, Bruno Marioti, Adriana Martorelli.

Na oportunidade, os acadêmicos visitaram as áreas externas e internas da Itaipu, a passagem pelo Canal da Piracema, sem parada. Parada no Mirante do Vertedouro, e no Mirante Central, cota 144 - Barragem Principal (Catedrais), parada em frente às catedrais para fotos. Cota 145 - Sala de Despacho de Carga (SDC); Cota 139 - Sala de Controle Central (CCR) com explicação de seu funcionamento; Parada na Cota 225 e Término e saída da Usina.

Os alunos também visitaram o Parque Nacional Cataratas do Iguaçu, considerado uma das sete Maravilhas da Natureza. O Parque protege uma riquíssima biodiversidade, constituída por espécies representativas da fauna e flora brasileiras, das quais algumas são ameaçadas de extinção. Essa expressiva variabilidade biológica somada à paisagem singular de rara beleza cênica das Cataratas do Iguaçu, fizeram do Parque Nacional do Iguaçu a primeira Unidade de Conservação do Brasil a ser instituída como Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO, no ano de 1986.

Unido pelo rio Iguaçu ao Parque Nacional Iguazú, na Argentina, o Parque integra o mais importante contínuo biológico do Centro-Sul da América do Sul, com mais de 600 mil hectares de áreas protegidas e outros 400 mil em florestas ainda primitivas, responsabilidade ímpar para ações conjuntas entre brasileiros e argentinos nos esforços de preservação deste tão importante patrimônio mundial.

Os acadêmicos puderam ainda visitar o Templo Budista que fica localizado em uma privilegiada região da cidade, onde se pode ter uma visão de parte do centro da cidade de Foz do Iguaçu e de Ciudad del Este (Paraguai). A beleza do local permite um contato mais próximo com a filosofia Budista, e um momento de descanso durante a viagem. O local foi construído em 1996, e hoje, nos jardins do templo existem mais de 120 estátuas, cada uma com o seu significado, sendo os destaques, uma estátua de Buda de 7 metros de altura, e um templo que cria um ambiente bastante especial para o local. Os acadêmicos foram conhecer a “feirinha” onde tiveram a experiência de comercialização. Bem como uma visita ao Cassino Iguazu.

A professora Alexandra falou da importância da visita técnica. “Para os acadêmicos, a visita técnica a um grande empreendimento tecnológico é importante, pois as empresas/organizações exercem o papel de formadores de valores dentro das relações sociais que influenciam a consolidação do profissional no mercado de trabalho. Visitar as áreas de um empreendimento permite aos acadêmicos relacionar os conhecimentos teóricos e práticos recebidos no contexto escolar aos conhecimentos práticos da realidade empresarial.

A atividade de realizar uma visita técnica tem por objetivo o encontro do acadêmico com o universo profissional, proporcionando aos participantes uma formação mais ampla. A realização destas visitas é de extrema relevância para os alunos da graduação. Nelas é possível observar o ambiente real de uma organização em pleno funcionamento, além de ser possível verificar sua dinâmica, a organização e todos os fatores teóricos e técnicos implícitos e explícitos no ambiente observado.

A visita técnica possibilita observar os aspectos teóricos e práticos que comandam a organização e guiam os seus rumos. Deste modo, buscando aperfeiçoar a prática profissional dos acadêmicos que se preparam para ingressar no mercado de trabalho ou que estão atuando como profissionais no mercado. Essa viagem foi enriquecedora para os acadêmicos, pois puderam conhecer a prática do que estudam na teoria nas disciplinas de Economia Contemporânea e Política e Comércio Internacional.”

Notícias Relacionadas

Receba a
Unicampo Notícias

Carregando...
Indique seu amigo