Para acessar o Portal Acadêmico, escolha:

Sou Aluno Sou Professor
Esqueceu a senha? Professores podem recuperar a senha na secretaria da Faculdade Unicampo

Esqueci minha senha

Carregando, por favor aguarde...

CPF de aluno não encontrado, por favor verifique e tente novamente.

Voltar

Seus dados de acesso foram enviados para o seguinte e-mail:

Caso este não seja o seu e-mail clique aqui e nos informe os dados corretos

A Faculdade que une talentos!

Unicampo Notícias

Roda de Conversas da Unicampo tem atraído atenção de professores e acadêmicos

Roda de Conversas da Unicampo tem atraído atenção de professores e acadêmicos

Criada em 2017, a Roda de Conversa é um projeto do colegiado do curso de Psicologia que tem como finalidade proporcionar à comunidade acadêmica da Faculdade Unicampo informações seguras e espaço de discussão sobre temáticas que estão impactando a sociedade atualmente e que são de competência da psicologia. O projeto tem sido um grande diferencial da Faculdade Unicampo.

A ideia surgiu mediante um debate sobre suicídio entre professores, a coordenadora da Uniclínica, Annamaria Castilho, e o coordenador do curso Paulo Ricci. Após isso, ampliaram o debate, com novos temas, sendo criada a Roda de conversa.

A coordenadora da Uniclínica, Annamaria Castilho, fala como funciona a roda de conversa: “O modo de funcionamento proposto é uma fala inicial de 30 minutos do mediador para esclarecimentos e a abertura de um espaço de diálogo seguro. Pode ser coordenado por um egresso do curso de Psicologia, um psicólogo ou um estudante de psicologia com o auxílio de um professor”.

Annamaria fala também da importância da conversa: “É justamente em trazer informações e esclarecimentos para possibilitar um debate fundamentado em dados científicos, criando um espaço para discussão, difusão do conhecimento, debate acadêmico e fortalecimento do vínculo com nossa comunidade”.

Foram realizadas oito rodas de conversas e quatro delas sendo mediadas pelos egressos do curso com auxílio de um professor. “Os nossos egressos discutiram temas como suicídio, violência e clínica psicanalítica infantil. Entendo que o projeto tem colhido frutos muito positivos, percebo isso pelas discussões proporcionadas nos encontros que já tivemos”. Concluiu a professora.

Notícias Relacionadas

Receba a
Unicampo Notícias

Carregando...
Indique seu amigo